Confissão de Fé

  1. Nós cremos que a Bíblia sagrada que é composta de 39 livros no velho Testamento e 27 no novo Testamento, É a palavra de Deus divinamente inspirada e É a única e infalível palavra de Deus. Por mais que tentemos ser guiados por princípios biblicos. Iremos concentrar nossos ensinamentos nesta palavra selecionando, dentre os suas declarações, todo nosso pensamento teológico e subemter todas as práticas, métodos e estratégias e prioridades da igreja às verdades bíblicas. Na vida dos membros, daremos a mais alta prioridade às reflexões bíblicas pois sabemos que as escrituras são a supreme e única autoridade nos itens de fé e pratica (ll Timoteo 3:16, 17 Hebreus 13:8 ll Pedro 1:19-21)
  2. Nós cremos num Deus triuno, que existe em três entidades: Pai, Filho e Espirito Santo, quem nos criou para que possamos dividir o amor de Deus e, como igreja priorizar o relacionamento de comunhão e intimidade com Deus em nome de Jesus (l João 5:7-9; Tessalonisensses 1:1-7).
  3. Nós cremos que Deus é onipotente, onipresente e onisciente; criador e preservador do Universo, e que governa sobre todas as coisas. Como igreja nos submetemos à seu sinhorío e nos apoiamos em sua providência em todas as situações em nossa vida (Daniel 11:32b; Filipenses 4:6; ll Pedro1:1-7).
  4. Nós cremos que Jesus foi concebido pelo Espirito Santo, nascido da Virgem Maria e é Deus encarnado, a revelação e imagem do Deus-Pai e sendo ao mesmo tempo Rei e Servo, demonstrou o poder do amor sacrificial. Como igreja iremos nos dedicar em refletir este amos nos nossos relacionamentos e adotar Seu estilo de liderança – lider/servo – como nosso padrão (Isaías 7:14;Lucas 1:26-38; João 1:1-14; Colossenses 1:15; 2:9)
  5. Nós cremos que o Homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, quem confere à Ele uma condição superior em relação à toda sua criação. Como igreja, nós nos comprometemos em trata-lo numa maneira digna da sua imagem, independente da raça, sexo, idade, estatus social ou crênças religiosas (Genesis 1:26-28; Romanos 5:12, 19,20).
  6. Nós cremos que o plano original de Deus foi para que o homem se relacionasse com Deus em harmonia, comunhão e submissão. No entanto, no exercício de seu livre arbítrio, o homem deliberadamente se rebelou contra Deus, assim atraindo consequencias desastrosas sobre toda humanidade e criação. Como igreja, reconhecemos que o homem e não Deus é responsável por esse mundo de cáos, e nós sairemos para pregar o amor divíno e a responsabilidade que cada indivíduo tem por seus próprios atos, olhando sempre para um alvo que é a salvação da humanidade. (Genesis 3:1-24; Romanos 5:17; ll Corintios 4:1-7; ll Pedro 3:9).
  7. Nós cremos que o pecado é inerente a raça humana como consequencia à desobediência do primeiro homem, e a morte espiritual é o destino dos que se mantéem ligados a ele. Como igreja, nós entendemos que o julgo deste fardo só é quebrado após uma submissão voluntária ao senhorío de Cristo, à saber: arrependimento, novo nascimento e conversão.
  8. O novo nascimento é aceitar, pela fé, do sacrifício vicário do senhor Jesus Cristo na cruz como meio de nos livrar de nossos pecados e levar a Deus. O convertido deve evitar este tipo de prática, que é condenável nas Sagradas Escrituras e deve viver de acordo com os ensinamentos da palavra de Deus (João 1:12; 10:27-28; l João 5:1-5).
  9. O batismo nas águas, por submersão, nos concede pelo menos seis bênçãos, que são: 1]Circuncisão do coração; 2] Remoção do corpo da carne 3] Remoção do corpo de pecados; 4] Sepultamento do “velho homem”; 5] Redenção de pecados, e 6] Força para andar em novidade de vida (Marcos 16:16; Atos 2:38; 8:26-40; Romanos 6:3-6). O batismo deverá ministrado pela igreja, a pedido do candidato ao batismo, o convertido que pode atestar pelo seu testemunho que vive pelos ensinamentos da palavra de Deus.
  10. A Santa Ceia do Senhor é a comemoração da morte e a celebração da ressurreição do Senhor Jesus Cristo, até que ele venha; e deve ser sempre precedida por um profundo exame do indivíduo em todos os aspectos nos termos de l Corintios 11:23-31.
  11. Nós cremos que Deus revelou Seu grande amor por nós na incarnação, morte e ressurreição de Cristo e que salvação é oferecida à todas as pessoas para que se arrependam e creiam N’ele. Como igreja, reconhecemos nossa responsabilidade à grande comissão, no sentido de levar pessoas a reconciliarem se com Deus para que sejam livres do poder do pecado e morte eterna (Mateus 28:19,20; Marcos 13:10; Romanos 5:1,9,18,19; ll Corintios 5:20, Hebreus 9:15-22).
  12. Nós cremos que Deus é santo e nos chamou para ser-mos santos e vive rem santidade, Como igreja nós nos comprometemos, pela graça de Deus, uma vida vitoriosa, livre do poder do pecado, uma vida que reflete nossa identidade com a vida, morte e ressurreição de Cristo. Pecado é a ausência de conformidade com a palavra de Deus, em estado, disposição e conduta. Nós iremos proclamar uma vida de santidade de todos os meios possíveis (Isaias 6:3; Habacuque 1:12; João 3:16-21; l Pedro 1:16).
  13. Nós cremos que Jesus, em sua vida e morte, nos ensina a ter uma vida de abnegação, gentiliza e simplicidade. Como igreja, fomos chamados para uma vida de separação das coisas do mundo e das práticas pecaminosas e devemos evitar dos intreterimentos e habitos que podem levar outros ao mau comportamento e até a envergonhar a mensagem do evnagélho. Como membros do corpo de Cristo, devemos nos esfroçar em buscar um estilo de vida que reflita o grande amor de Deus por nós (Marcos 8:35; 10:29, 30; Romanos 12:1,2; ll Corintios 6:14-18; Colossenses 3:12; l João 2:15)
  14. Nós cremos que Deus valorize inteiramente a humanidade. Como igreja, reconhecemos nossa responsabilidade com o homem num todo. E assim fazendo, e confiando no poder de Deus, nós devemos liberar sobre eles perdão, salvação e cura para suas enfermidades, libertação de espiritos malignos e espalhar misericórdia à todos os que necessitam (Eclesiastes 8:5; Lucas 10:19; João 10:10; 14:13)
  15. Nós cremos no batismo com o Espirito Santo, o que nos capacita inteiramente para a vida cristã e ao serviço de Deus. Como igreja nos comprometemos em nos esforçar em obter uma vida cheia do Espirito Santo e seu fruto, fielmente exercitando os dons dados por Ele e levar outros a ter a mesma experiência por que o Espirito Santo está ao alcance de todo o que crê (Joel 2:28-32; Mequias 3:8; Lucas 24:49; João 14:25-27; Atos 1:8; 2:1-47; l Corintios 12:14; Gálatas 5:22)
  16. Nós cremos no triunfante e pessoal retorno de Cristo, na ressurreição dos mortos, na veracidade do Céu e Inferno e no julgamento final para a vida ou condenação eternal. Como igreja, iremos viver na expectativa e esperança pela eternidade, confiando que o salvo estará com Ele (l Tessalonissenses 4:13-18; Apocalipse 20:5,6).

Comments are closed